-

"Engolimos de uma vez a mentira que nos adula e bebemos gota a gota a verdade que nos amarga." Denis Diderot

sexta-feira, 29 de abril de 2011

O amor não precisa razão

"É melhor guardar muito bem
O que faz você minha
Amiga
O amor não precisa
Razão
Quero ver abrir todo céu agora
Quero ver a cara de Deus."

(O Amor Não Precisa Razão - Beto Guedes, 
Ronaldo Bastos e Ricardo Milo)


Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.
O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.
Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.
(...)
Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.
Não funciona assim. 
Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.
Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!
Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.
* Retirado de "Crônica do Amor", de Arnaldo Jabor

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Mintchura

"Mintchura, mintchura
Com mais um desses contratempos
me aposento e vou morar na Pavuna."
(Mintchura - Neusinha Brizola / Joe Euthanazia)

Filha de Brizola morre aos 56 anos no Rio

FÁBIO GRELLET

Neusa Maria Goulart Brizola, a Neusinha, morreu na tarde desta quarta-feira aos 56 anos. Ela era filha do ex-governador do Rio Leonel Brizola (1922-2004).
Internada desde domingo na Clínica São Vicente, na Gávea (zona sul do Rio), Neusinha morreu por complicações pulmonares decorrentes de uma hepatite.
Ela tinha dois filhos --Laila e Paulo César-- e foi casada três vezes.
"Neusinha, que com todos os desentendimentos que a imprensa sempre explorou, foi sempre objeto de um carinho especial de meus avôs e será sepultada ao lado deles em São Borja", afirmou o deputado Brizola Neto (PDT-RJ) em seu blog.
Na década de 1980, ela chegou a ser lançar como cantora e teve como sucesso a música "Mintchura".
Na época, Neusinha teve desentendimentos públicos com o pai por causa de seu envolvimento com drogas.
Ela posou nua para revista Playboy antes das eleições municipais de 1983, mas Brizola, que era governador do Rio, impediu a publicação das fotos.
Segundo a família, o corpo de Neusinha será velado no Cemitério São João Batista, no Rio, e amanhã será levado para São Borja, onde será enterrado no Mausoléu dos Gourlart.

Fonte: Folha.uol
http://www1.folha.uol.com.br/poder/907969-filha-de-brizola-morre-aos-56-anos-no-rio.shtml
Capa do disco de Neusinha Brizola lançado em 1983

Assista ao clip da música "Mintchura" no youtube:  http://www.youtube.com/watch?v=vsUwrClxFZU

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Começando cedo

"E eu corri pro violão num lamento
e a manhã nasceu azul.
Como é bom poder tocar um instrumento."
(Tigresa - Caetano Veloso)

Jovem que estuda música protege cérebro em idade avançada

As muitas horas dedicadas ao aprendizado de música trazem benefícios a longo prazo, mostra um estudo publicado na versão on-line do jornal "Neuropsychology", da Associação Americana de Psicologia.
A pesquisa indica que aqueles que tocaram instrumentos musicais por muitos anos parecem formar uma proteção natural contra perdas cognitivas que costumam ocorrer durante a terceira idade.
Mesmo que essas pessoas tenham largado o instrumento em algum momento das suas vidas, a mente ainda se mostra afiada na idade avançada, se comparada àqueles que nunca aprenderam música.
Um grupo formado por 70 musicistas com idade entre 60 e 83 anos se submeteu a variados testes de memória e habilidade para captar informações novas, entre outras situações.
O resultado é que se saíram melhor nas provas quem tocou música durante nove e dez anos. O que sugere que quanto mais as pessoas tocam, mais benefícios terão no futuro.
O piano ficou como o instrumento mais popular entre os músicos, seguido dos instrumentos de sopro. Todos eram amadores e tinham em comum terem iniciado aulas de música por volta dos dez anos.
O estudo também considerou o preparo físico e o nível educacional dos participantes. E, o que chamou a atenção, é que havia igualmente a relação entre a capacidade cognitiva e os anos de atividade musical se os voluntários estavam ou não envolvidos com música atualmente.
A descoberta mostra que o funcionamento cerebral pode ser alterado e a música pode ser um assunto para considerações futuras porque envolve uma combinação de capacidades motoras, leitura, audição e ações repetitivas.

Fonte: UOL Ciência

terça-feira, 26 de abril de 2011

Quem não lembra?!

Música de Tracy Chapman volta às paradas após 23 anos de seu lançamento

Lançada em 1988, a música "Fast Car" da norte-americana Tracy Chapman voltou às paradas britânicas neste ano de 2011 graças a uma versão apresentada, na semana passada, no programa "Britain's Got Talent".
Michael Collings, um engenheiro de 19 anos, subiu ao palco do "Britain's Got Talent" --o mesmo programa que revelou Susan Boyle em 2009-- e tocou uma versão acústica de "Fast Car". O vídeo de sua apresentação já teve mais de 2 milhões de visualizações no YouTube e recolocou a faixa original entre as mais ouvidas no Reino Unido.
Quatro vezes ganhadora do Grammy, Tracy Chapman teve seu single "Fast Car" de volta à parada, na semana passada, na 58ª posição. Desde este último domingo (24), a canção caiu para a 4ª posição, segundo dados do Official Charts Company, que compila as tabelas de vendas musicais oficiais do Reino Unido.

1º álbum - sucesso também no Brasil

Fonte: uol Música
http://musica.uol.com.br/ultnot/2011/04/25/musica-de-tracy-chapman-volta-as-paradas-apos-23-anos-de-seu-lancamento.jhtm

*******
Olá Eliel,

É muito interessante o que esses artistas anônimos podem fazer por artistas famosos "esquecidos" quando saem do anonimato. É como se eles representassem a "salvação".
Se você puder, insira o link do vídeo deste garoto cantando esta musica do Tracy Chapman no "Britain's Got Talent" . Ah... e divulga também a musica mais conhecida dela "Baby can i hold you" para que a galera que não o conhece pelo nome saiba de quem estamos falando.
Beijos... e parabéns por esse blog tão interessante!
Sâmya Rafaela

Do blog: Pedido atendido, Sâmya!

Para assistir no youtube:

Com Tracy Chapman
* “Baby Can I Hold You” 
Link: http://www.youtube.com/watch?v=kjRo_CHSdt0

Com Michael Collings no "Britain's Got Talent"
* "Fast Car" 
Link: http://www.youtube.com/watch?v=YB98dcWkQqA

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Vai passar... (na TV Cultura)

Sangue Latino


Estreia nesta segunda-feira (25), “Sangue Latino”, série composta por 18 entrevistas, com apresentação do jornalista e escritor Eric Nepomuceno. O primeiro convidado do programa, Chico Buarque fala sobre o encontro de gerações, ditadura militar, socialismo e sua ligação com os países da América Latina, sobretudo Cuba.
"É curioso ver como as gerações vão mexendo com a sua própria percepção das coisas. Eu sou um passivo. Pai passivo, avô passivo. Deixo que as coisas aconteçam e procuro me adaptar. Não sou um avô muito melado, nem muito querido. Sou observador. Fico pasmo, olhando, aprendendo", afirmou o cantor.
O objetivo do programa é mostrar pontos de vista a respeito do Brasil e de seus vizinhos latino-americanos, além de provocar a reflexão no telespectador. A lista de convidados segue com Eduardo Galeano, Antonio Skármeta, Kevin Johansen, Laura Meradi, Pablo Stoll, Eduardo Duhalde, Mempo Giardinelli, León Ferrari, Claudia Piñeiro, Macarena Gelman, Paulo José, Milton Nascimento, Marcelo Piñeyro, Leonardo Boff, Ruy Guerra, Fernando Solanas e Ferreira Gullar. Todos nomes marcantes das artes, literatura, música e dramaturgia.

Sangue Latino

QUANDO: Segunda-feira (25), às 20h45
ONDE: TV Cultura

Fonte: uol Televisão
http://televisao.uol.com.br/ultimas-noticias/2011/04/22/chico-buarque-e-o-primeiro-entrevistado-do-programa-sangue-latino-que-estreia-nesta-segunda-feira-25.jhtm

domingo, 24 de abril de 2011

Feito vinho

"De noite eu rondo a cidade
A lhe procurar, sem encontrar
No meio de olhares espio
Em todos os bares
Você não está..."
("Ronda" - Paulo Vanzolini)


Cantor Paulo Vanzolini comemora 87 anos com shows intimistas

O cantor e compositor Paulo Vanzolini promove shows especiais em comemoração de seus 87 anos, neste sábado (23) e no domingo (24).
O local escolhido para a celebração foi a Casa de Francisca, que costuma sediar show intimistas, daqueles para se ver de pertinho, com público reduzido.
No repertório, não devem faltar clássicos como "Ronda", "Praça Clóvis" e "Volta por Cima".
O músico tem a companhia de Ana Bernardo (voz), Ítalo Peron (violão/direção musical), Pratinha (faluta/bandolim) e Adriano Busko (percussão). Os ingressos para o concerto de sábado já estão esgotados.

Fonte: FOLHA.com - http://guia.folha.com.br/shows/ult10052u906105.shtml

sábado, 23 de abril de 2011

Nada com o peixe

“Tô nem aí, Tô nem aí...
Pode ficar com seu mundinho,
eu não tô nem aí
Tô nem aí, Tô nem aí...
Não vem falar dos seus problemas
que eu não vou ouvir.”
(“Tô Nem Aí” – Luka)

Tô nem aí...

Nessa sexta feira da paixão passei no mercado do peixe/carne e, sinceramente, quase passei mal com o mau cheiro naquele local. Ví um funcionário da prefeitura tentando, em vão, tirar restos de pescado que fazia lama em plena rua. Uma desgraça! É uma questão de calamidade essa coisa que já se alastra por bastante tempo. Muito se tem falado, no rádio e na televisão, mas ação mesmo, nada. E os responsáveis certamente dirão que “não têm nada com o peixe”. Tem gente por aí feito o velho Judas, mentindo e enganando. É certo que existe, sim, gente com boas intenções de resolver os problemas da cidade, mas há uma força maior que impede o nosso progresso. E é como falou o Mestre: “Dai a César o que é de César...” Mas já deu pra sentir que um “César” só não vai fazer verão. Será o Benedito?! Será mirim?! Acho que sim.
Créditos:
Texto: Eliel Silva
Imagens: Internet

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Em Brasília chega


Por que não eu?

Há alguns dias, mais precisamente 13 de abril, um amigo meu que reside em Caicó (RN) me enviaou uma encomenda (não foi nenhuma iguana, não) via sedex e acreditem, até hoje não recebi. Nessa mesma data também destinou outro material para um amigo seu que mora em Brasília e, acredite também, essa encomenda chegou lá.
As vezes quero acreditar piamente nas palavras do compositor cearense Antônio Carlos Gomes Belchior Fontinelle Fernandes, o Belchior (sumido, ou não!). Numa das suas canções ele diz: "Nordeste é uma ficção! Nordeste nunca houve!" E como diria minha avó: "Ligeiro assim, só na 'caixa prega'!" Êta Brasilzão! "Resta a espera, que sempre é um dom." Grande Drummond.
Créditos:
Texto: Eliel Silva
Imagens 1 e 2: Internet
Imagem 3: Bel Silva

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Lindas


Livro traz fotos de Linda McCartney escolhidas por Paul

Imagens retratam astros da cultura pop como Jimi Hendrix, Mick Jagger e os Beatles

Parte do acervo de imagens da fotógrafa Linda McCartney acaba de virar um livro, com imagens selecionadas por seu marido, o ex-Beatle Paul. Ele disse que escolheu as imagens a partir de um acervo de 200 mil fotos, com a ajuda dos filhos do casal, e decidiu publicá-las como uma homenagem a Linda. Ela e Paul McCartney foram casados entre 1969 e 1998, quando ela morreu de câncer.
Como fotógrafa da cena musical do final dos anos 1960, Linda se tornou a primeira mulher a ter seu trabalho publicado na capa da revista Rolling Stone, em 1968, com uma foto do músico Eric Clapton. Ela também retratou estrelas e bandas como Aretha Franklin, Jimi Hendrix, Bob Dylan, Janis Joplin, Simon & Garfunkel, The Who e The Doors.
O livro "Linda McCartney: Life in Photographs" está à venda por cerca de R$ 116, mas uma edição limitada de colecionadores chega a custar quase R$ 1,6 mil no site da editora Taschen. As imagens também serão exibidas em junho, em uma mostra em Londres.

Fonte: último segundo
http://ultimosegundo.ig.com.br/cultura/livro+traz+fotos+de+linda+mccartney+escolhidas+por+paul/n1300090290727.html

*******       *******       *******


Público potiguar emociona a cantora Paula Fernandes

Ainda sob o efeito de encantamento com o show da Paula Fernandes, ontem, no Teatro Riachuelo, em Natal, vou tentar descrever em poucas palavras esse espetáculo inesquecível.
Com um pequeno atraso – compensado pela simpatia e talento da mineirinha - , as luzes do teatro fazem um efeito mágico para lá pelas 21h30, a estrela maior pisar o palco para, daí então, emocionar a todos e se emocionar também. O show começa bem elétrico, um pouco diferente do DVD, e segue alternando com partes acústicas e voltando para números com canções pop. Uma artista completa.
Alguns probleminhas com o som também não tirou o brilho daquele momento. Com muita paciência, ética e bom humor, a cantora soube contornar a situação.
Paula não contém as lágrimas ao ouvir o coro de um povo apaixonado – e afinado – cantar com ela músicas marcantes que a consagrou para a cena musical nacional. Tema de novela tá na boca de todo mundo, e assim canções como Jeito de Mato, Quando a Chuva Passar e Tocando em Frente foram entoadas por um grande coral de potiguares que a fez comentar admirada: "vocês sabem cantar o disco inteiro?!"
No final daquele show a gente sai dali com a certeza de que o contentamento foi recíproco, artista e público. Deus salve a rainha!

Créditos:
Texto e fotos: Eliel Silva

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Tradição


CICLISMO MOVIMENTA FERIADO EM CEARÁ-MIRIM

É a XXVII Corrida Ciclística 21 de Abril que acontece nesta quinta-feira

Continuam abertas as inscrições para a XXVII Corrida Ciclística 21 de Abril, em comemoração ao feriado nacional de Tiradentes, em Ceará-Mirim.
A competição acontece nesta quinta-feira 21/04, com largada a partir das 8h30 em frente a Prefeitura.
Os interessados em participar do evento esportivo devem fazer sua inscrição no Ginásio de Esportes Aderson Elói de Almeida, no horário de 8h às 12h e de 14h às 17h, e também na Secretaria Municipal de Juventude, Esporte, Cultura e Lazer, no Centro Administrativo do município, de 8h às 14h.
Os ciclistas que vêm de outras cidades e regiões do Estado podem se inscrever até momentos antes da largada ao lado da Prefeitura.
As categorias são divididas por sexo e por idade. A premiação acontecerá logo após a liberação dos resultados da prova.
A XXVII Corrida Ciclística 21 de Abril Roteiro dos Engenhos, percorrerá uma das mais importantes trilhas históricas do município de Ceará-Mirim, a “Trilha dos Engenhos”, passando pelas ruínas de vários engenhos, que no passado, moveram a economia e a rica história do município.
A Prefeitura de Ceará-Mirim, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte, Cultura e Lazer, resgatou essa importante competição esportiva, que chega a terceira edição na gestão do prefeito Antônio Peixoto.
Paralelo a corrida, haverá também o tradicional passeio ciclístico, pelas ruas da cidade, que contará com a participação de crianças, jovens, adultos e outros adeptos do ciclismo em geral.
Ao final da competição, haverá ainda sorteio de bicicletas entre os participantes.

Confira a premiação do evento:

GERAL MASCULINO
1º Lugar: R$ 200,00 + Troféu + Medalha + Bicicleta
2º Lugar: R$ 100,00 + Troféu + Medalha + Bicicleta
3º Lugar: R$ 70,00 + Troféu + Medalha

GERAL FEMININO
1º Lugar: R$ 100,00 + Troféu + Medalha + Bicicleta
2º Lugar: R$ 70,00 + Troféu + Medalha
3º Lugar: R$ 50,00 + Troféu + Medalha

MASTER MASCULINO
1º Lugar: R$ 100,00 + Troféu + Medalha + Bicicleta
2º Lugar: R$ 70,00 + Troféu + Medalha
3º Lugar: R$ 50,00 + Troféu + Medalha
-----
Cordialmente,
Jorge Moreira
Secretaria Municipal de Comunicação Social – PMCM

* Foto: arquivo do blog

terça-feira, 19 de abril de 2011

Um dia como hoje

Roberto Carlos – 70 anos

Só queria desejar a você muita paz, em nome dessa legião de fãs! E não se esqueça que foi você mesmo quem falou/cantou: “Em paz com a vida e o que ela me traz / na fé que me faz otimista demais / Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi.” Parabéns, Roberto!
~~~~~~~       ~~~~~~~
~~~~~       ~~~~~
~~       ~~
(Eu - década de 80, fase muito boa para mim)
 

Poeta. Parabéns.

Só você e o Rei Roberto são as celebridades desta data. Todo dia é dia de índio e de poesia também.
Obrigado por nossa amizade. Dentro da sua conhecida simplicidade inteligente você sabe como poucos conservar os amigos.
Sua semelhança com Renato Teixeira não é apenas física. Sei que nas suas romarias, entre uma amora e outra, você vai tocando em frente e mesmo a vida cobrando frete as vezes altíssimo e muitas vezes desnecessário no maior mistério, você sempre tem como destino final a amizade sincera.
Não preciso nem dizer tudo isto que lhe digo e o que escrevi na realidade não é muito original, mas como você diz. Valeu Camarada! Que Continue valendo.
Seu Amigo de FÉ.
Paulinho.

Nota do blogueiro: Obrigado, Paulinho! Obrigado a todos!

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Vamos lá pra ver...

"Se encontrar algum destino
Para solidão tamanha
Se faltar a paz
Se faltar a paz, Minas Gerais."
(Três Dias - André Dahmer e Marcelo Camelo)

Não dá pra perder!

domingo, 17 de abril de 2011

A dor do reino

“Existem mesmo tantos mistérios
Ocultos entre o céu e a terra
Que a gente as vezes se aprofunda
Tentando explicar...”
(“Como é possível...” –
Isolda / Sérgio Sá –
Gravação: Roberto Carlos)

Tristeza na corte

As vezes fico à imaginar por quantas provações algumas pessoas tem que passar. E assim nesse instante o foco vai para o rei Roberto Carlos. Tem sido uma “prova de fogo” a vida desse senhor, hoje com seus 70 anos de idade. Só mesmo tendo muita “fé” para segurar essa barra e superar tantas provações. Na infância o acidente marca que carrega desde então, talvez o motivo dos seus olhos triste; mais tarde ele enfrenta o problema de visão do seu primogênito. E vem a perda da mulher amada. Antes dela, aquela outra que foi a musa inspiradora de tantas canções nas décadas de 60 e 70, e mãe dos seus filhos. Numa canção já da “fase barra pesada” ele canta: “eu estarei vestindo aquele jeans que você bem conhece / e o que resta de azul da camisa das festas de abril...” E agora rei, o que vai ser das suas (nossas) “festas de abril”?! Sim, porque coincidentemente nesse mês, ultimamente você tem sofrido muito. No ano passado, dia 17, dois dias antes do seu aniversário, a sua inesquecível Lady Laura partia para o infinito, e agora nesse 16 de abril, Ana Paula, sua enteada, que você tinha como filha legítima, subtamente também parte para o além. Às vésperas desses seus 70 anos mais uma vez será preciso buscar essa “força estranha” que existe em você para tentar prosseguir, e torcer que não seja preciso voltar ao “divã” para buscar razões e sentido para seguir em frente. Você tem sido provado como o Jó bíblico, porém, e essa é uma opinião bem pessoal, à essa altura da jornada, não dá mais pra voltar atrás, é seguir em frente, procurar ser sereno e forte, e que seja a vida do jeito que for... Paz pra você, rei!

Créditos:
Texto: Eliel Silva
Imagem: Internet

sábado, 16 de abril de 2011

Diário de bordo

Ceará-Mirim / Natal / Ceará-Mirim
(Sessão nostalgia)

Fazia um certo tempo que eu não viajava de ônibus rumo a capital. Não que eu só ande de carro próprio que, aliás, eu nem tenho. Mas é que ultimamente, nas raras vezes que eu vou à Natal, sempre o faço de carona num carro de algum amigo. E sinceramente, tenho notado que estou me tornando um bicho do mato. Ando muito apegado a “terrinha”. Acho até que se armarem um quixó no meu caminho, é bem arriscado eu cair nele. Mas nessa sexta-feira fiz diferente. Peguei um "quase ônibus" (daqueles apertadinhos que, se senta uma pessoa do seu lado, certamente vai incomodar, porque fica caindo pra cima de você). Não deu outra. E então me veio a lembrança daqueles tempos em que apenas duas empresas atuavam aqui, com seus veículos lotados, a gente viajando espremido e ainda por cima vinha um cobrador e um fiscal nada gentis e nos imprensava ainda mais. Mas eu ignorei esses detalhes passados e também os incômodos atuais. Estava com o meu aparelho de mp3 e procurei me distrair. Pra completar a minha distração, resolvi brincar no celular, enviando mensagens engraçadas pra casa. E assim cheguei ao meu destino. Não sem antes me assustar quando olhei de repente para o lado e vi um sujeito pendurado num guindaste, além do mais, com a cabeça virada para trás. Tirando os óculos, que só me servem para olhar de perto, constatei aliviado que se tratava de um boneco. Era propaganda de uma casa comercial. O legal de andar de ônibus é que naquelas paradas com sinal de três tempos, você não precisa se preocupar com aqueles flanelinhas que insistem em limpar o pára-brisa do seu veículo (muitas vezes quando já está limpo e você faz sinal pra eles que não) e pedem um trocado para mais tarde, já com um pouco mais, investí-lo Deus sabe em quê. Em Igapó, observando a velha ponte de ferro, eu naquele veículo quase já ultrapassado, me bateu uma nostalgia. É que me lembrei que no final da década de sessenta algumas vezes passei por alí. Ponte do Potengi Presidente Costa e Silva, onde passava primeiro uma fileira de carro para depois outra fileira vir no sentido contrário. Faz tempo... mas eu me lembro. Na capital andei a pé como quem vai (ou ia) à Juazeiro pagar promessa. Mas resolvi o que tinha que resolver. Voltei pro meu lugar. Bom mesmo é estar aqui, apesar de tudo.

Créditos:
Texto: Eliel Silva
Inagem: Internet
*******
*****
***
*
ARTE E CULTURA

Palhaço Tito (arquivo do blog)

Projeto Arte & Encanto chega a sua 3ª Edição neste sábado 16 de abril

A Prefeitura de Ceará-Mirim, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social-Semthas, com o apoio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte, Cultura e Lazer, e Fundação Nilo Pereira, apresenta neste sábado 16/04 a 3ª Edição do Projeto Arte e Encanto.
A programação tem início a partir das 19h30 no palco do auditório “Prefeito Roberto Varela” da Estação Cultural, e a entrada custa apenas 1 kg de alimento não perecível para ajudar as famílias carentes do município.
Nesta edição, a atração principal da noite fica por conta da apresentação de Kaká Mendes e o Acordeon de Ouro, interpretando muito forró pé de serra.
Também se apresentarão na noite, o grupo folclórico Cabocolinhos, grupo New Dance de Muriu, grupo Free Step, Grupo de Teatro Esperança e o palhaço Tito que anima o público durante o espetáculo, garantindo diversão a quem comparecer ao evento.
O Projeto Arte e Encanto, foi idealizado pela Semthas e tem o objetivo de levar cultura, arte e entretenimento aos diversos cantos de Ceará-Mirim.
É voltado, principalmente para jovens e adolescentes de Ceará-Mirim, embora pessoas de todas as idades tenham participado e compartilhado com as artes e os encantos que o projeto proporciona a cada edição.
-----
Cordialmente,
Jorge Moreira

sexta-feira, 15 de abril de 2011

O (re)retorno

“Boo, boo, boomerangue volta
Boo, boo, boo, boo boomerangue volta
Se voltar eu juro, nunca mais jogo você .”
(Meu Boomerangue Não Quer Mais
Voltar - Roberto Carlos - Erasmo Carlos)


RPM ensaia para o retorno da banda aos palcos


Na noite desta quinta-feira, o RPM transmite na internet, ao vivo, um dos ensaios da banda que prepara sua volta aos palcos.
Paulo Ricardo, Luiz Schiavon, Fernando Deluqui e Paulo P.A. Pagni se apresentam neste domingo (17), na Virada Cultural, em São Paulo, por volta das 17h no palco Julio Prestes. De acordo com Paulo Ricardo, o show na Virada vai funcionar como uma "pré-estreia da banda". No dia 20, o RPM faz sua estreia oficial no palco do Credicard Hall, em São Paulo. Em seguida, a banda segue em turnê pelo país.
O quarteto vai lançar em maio seu primeiro disco de ineditas desde o final da década de 1980. Para os shows em 2011, Paulo Ricardo prometeu retomar duas marcas da banda: a caveira de "Rádio Pirata" e o uso de raio laser.

Fonte: uol Música
http://musica.uol.com.br/ultnot/2011/04/14/acompanhe-na-web-o-ensaio-do-rpm-para-o-retorno-da-banda-aos-palcos.jhtm

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Relicário

"A bandeira no estádio é um estandarte
A flâmula pendurada na parede do quarto
O distintivo na camisa do uniforme
Que coisa linda é uma partida de futebol."
("É Uma Partida de Futebol"
 - Samuel Rosa e Nando Reis)

Emoções que não se apagam


É muito gratificante para nós, organizadores do tributo a Roberto Carlos, além de poder homenagear grandes nomes do nosso município, que por muito tempo atuaram ou ainda atuam, em diversas áreas da cultura e do entretenimento, poder (re)viver com essas figuras momentos de pura emoção. Foi assim que desde os primeiros eventos sentimos as emoções se renovarem a cada ano. O Troféu Calhambeque, criado especialmente para essa ocasião, e que já foi entregue a promotores de eventos na nossa cidade, músicos instrumentistas e vocalistas de diversos grupos musicais, todos já com bastante tempo de atuação, esse ano irá para os primeiros radialistas e comentaristas esportivos de Ceará-Mirim.
Como diz o título dessa matéria, são emoções que não se apagam, porque graças às nossas atitudes, e digo isso sem nenhuma modéstia, momentos tão importantes do nosso passado são revividos e assim renovados e registrados em nossas mentes e em nossos corações. Recentemente, trabalhando na recuperação de áudio de uma fita cassete, onde o comentarista esportivo M Williams, um dos homenageados desse 7ª edição do tributo, narra um clássico entre Portuguesa X Barcelona, no Campeonato de 1999, pude constatar e reviver a atmosfera daquele momento, num tempo em que o esporte em nossa terra era levado bem mais a sério. Parabéns para todos esses “camisa 10” dessa nossa seleção de gente humilde sim, mas que muito tem feito pelo engrandecimento da nossa cidade. Olho no placar...

Créditos:
Texto e montagem de imagem: Eliel Silva

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Coisa pra cinema

“Batizamos todos animais
Bem no principio, bem no principio.
Batizamos nossos ancestrais
Bem no principio, há muito tempo atras.

Bicho sujo, lixo mal cheiroso,
Ele come tudo que encontrar
De cabeça baixa, rabo torto,
Porco é como vamos chamar!”
“Batismo dos Bichos”
(Man gave name to all the animals)
Bob Dylan – Versão: José Jorge
 – Interpretação: Ruy Maurity


Nova arca
(Crônica de não dormir)

Acontece sempre à mesma hora. Parece que é quando a garotinha tem que ir pra escola e não pode levar com ela a sua amiguinha, então tem que deixá-la na casa da sua avó (avó da menininha, é bom que se diga). E é assim que, quando penso em dar aquele cochilo, lá se vai a porquinha nos braços da sua dona: cuim, cuim, cuim... A pequena não sabe que suino nunca foi bicho de colo. Mas não é que a danadinha é a cara do Babe, o porquinho atrapalhado! Meu cachorro é que fica arretado quando ela passa com aquela sua lamentação: cuim, cuim, cuim. Corre pelo quintal, late, esperneia. Já vi por aí muitos bichinhos de estimação, alguns até estranhos mesmo, mas porco, esse eu estou vendo agora. Mas isso não é de se admirar, não. Na rua em que eu moro costuma mesmo aparecer coisas assim. Tem cavalo na calçada, galinha na porta (dos outros), tem guiné no telhado, tem pássaros aprisionados... Costumo até dizer que essa rua é uma arca sem dilúvio (e sem um Noé específico). É verdade. Aqui tem de tudo um pouco (algumas coisas até em maior quantidade!) e não há outro jeito, é tentar viver em paz e harmonia com a fauna local. Mas cá entre nós, tá difícil dormir com um barulho desse!

Créditos:
Texto: Eliel Silva
Imagem: Internet

terça-feira, 12 de abril de 2011

Não é só aqui

FALTA DE LIMPEZA FAZ FACULDADE DA USP SUSPENDER AULAS


Da Redação
Em São Paulo

A FFLCH-USP (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP) suspendeu as aulas dos períodos da tarde e da noite desta segunda-feira (11) por conta da falta de limpeza dos prédios da unidade. Em nota, a faculdade afirma que cancelou as aulas "tendo em vista as precaríssimas condições de limpeza, que comprometem a garantia da qualidade de higiene". A falta de higienização da unidade se deve à paralisação dos funcionários terceirizados, que estão sem trabalhar desde sexta-feira (8). Segundo o Sintusp (Sindicato dos Trabalhadores da USP), que apoia a manifestação, os terceirizados não receberam o salário do último mês. Hoje, cerca de 300 trabalhadores fizeram protesto em frente à coordenadoria do campus.
O sindicato informa ainda que a empresa responsável pelos terceirizados terá seu contrato de prestação de serviço rescindido no próximo dia 20, devido ao não cumprimento das obrigações trabalhistas, bem como direitos referentes a vale transporte e auxilio alimentação.
De acordo com a FFLCH, não está definido se as aulas voltam na terça-feira.

Fonte uol EDUCAÇÃO
http://educacao.uol.com.br/ultnot/2011/04/11/falta-de-limpeza-faz-faculdade-da-usp-suspender-aulas.jhtm

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Será só imaginação?!


Arnaldo Antunes, Nando Reis e Charles Gavin podem voltar ao Titãs

Ex-integrantes do Titãs, Arnaldo Antunes (vocal), Nando Reis (baixo) e Charles Gavin (bateria), podem voltar ao Titãs em 2012. A ideia é comemorar os 30 anos da fundação da banda, que atualmente conta apenas com Branco Mello (vocal), Sérgio Britto (teclados), Paulo Miklos (vocal) e Tony Bellotto (guitarra) da formação original. O projeto ainda busca patrocínio, mas já é alvo de cobiça de canais de TV.

Fonte: D24am.com
http://d24am.com/plus/musica/arnaldo-antunes-nando-reis-e-charles-gavin-podem-voltar-ao-titas/21137

sábado, 9 de abril de 2011

Filantropia

“Você veio aqui pelo perdão?
Você veio levantar os mortos?
Você veio aqui bancar o Jesus
para os leprosos que você inventa?”
(“One” – Bono Vox)

Bono encontra-se com Dilma e lamenta tragédia no Rio


Do UOL Notícias
Em São Paulo

O cantor Bono, da banda irlandesa U2, chegou por volta das 12h30 desta sexta-feira (8) ao Palácio do Alvorada para encontro com a presidente Dilma Rousseff. Os demais integrantes da banda U2 também estão presentes no encontro.
Em encontro com a presidenta Dilma, Bono lamentou tragédia no Rio e diz que é "um dia muito triste para o Brasil". Na conversa com Dilma, o vocalista do U2 fala de ações de combate à Aids e de erradicação da pobreza -- Bono quer conhecer programa de combate a pobreza brasileiro. O cantor disse a Dilma que todo presidente deveria priorizar o combate à pobreza. Bono é cofundador da fundação One.
Na porta do palácio, vários fãs gritavam o nome de Bono, que irá almoçar com a presidente no Palácio da Alvorada.
O U2 --que faturou mais de US$ 123 milhões com esse show somente em 2009-- está no Brasil com a 360º Tour, que ficará instalada no Estádio Morumbi, em São Paulo, no sábado (9), no domingo (10) e na quarta-feira (13). Os ingressos para os três dias já estão esgotados
Bono é o segundo cantor internacional recebido por Dilma no Planalto -- em março, a presidente recebeu a cantora colombiana Shakira.

Fonte: uol Notícias
http://noticias.uol.com.br/politica/2011/04/08/bono-vox-encontra-se-com-dilma-e-lamenta-tragedia-no-rio.jhtm

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Só na China

"Quantas estradas precisará um homem andar
Antes que possam chamá-lo de um homem?
(...)
Sim, e quantas mortes ele causará até ele saber
Que muitas pessoas morreram?
A resposta, meu amigo, está soprando no vento."
(Blowin' In The Wind - Bob Dylan)



Bob Dylan estreia na China aos 69 anos e sem músicas de protesto


Antonio Broto
De Pequim

Foi preciso esperar 50 anos de carreira, mas nesta quarta-feira Bob Dylan pôde finalmente se apresentar na China comunista, embora sem cantar seus hinos políticos mais famosos, "The Times They Are A-changin'" e "Blowin' In The Wind". O público de Pequim, no entanto, pareceu não se importar, vibrou emocionado e respondeu com aplausos, especialmente quando Dylan tocou outra de suas músicas mais populares, "Like A Rolling Stone". Cerca de 10 mil pessoas, aproximadamente 90% da capacidade máxima, assistiram ao histórico show no Ginásio dos Trabalhadores de Pequim, que não via tanta animação desde quando acolheu as disputas de boxe nas Olimpíadas de 2008. O público, formado em sua maioria por jovens e estrangeiros, também se entusiasmou com outro de seus clássicos, "A Hard Rain's A-Gonna Fall", embora tenha se mostrado um pouco frio no início do show, quando Dylan tocou alguns de seus trabalhos mais recentes.
O artista, que no dia 11 de abril comemorará 50 anos de carreira, preferiu em boa parte da apresentação desviar o centro das atenções para seus companheiros de banda, tocando quase sempre o teclado em uma das laterais do palco, embora em algumas ocasiões tenha prendido o violão no pescoço e lançado mão de sua inseparável gaita, que quando soou obteve as mais entusiasmadas palmas do público. Tudo isso em um cenário austero, no qual a longa sombra do cantor e seu chapéu foram na maior parte do tempo a única decoração. Dylan quase não falou com o público entre as músicas, mas compensou dando o máximo de sua rouca voz em cada canção e pondo a plateia de pé no final da apresentação, algo raro em um país onde todos os shows são sentados. No fim do espetáculo, ao contrário de sua performance anterior - em Taipé, a capital da ilha de Taiwan -, Dylan não recitou sua ode contra a guerra, "Blowin' In The Wind", e optou por uma canção sem conotações políticas na qual se declarou disposto a continuar na estrada por muitos anos: "Forever Young". A ausência de canções como "The Times They Are A-changin'", que nos anos 1960 alimentou os sonhos revolucionários ocidentais, faz pensar se a censura chinesa, como ocorreu há meia década com os Rolling Stones, não teria enviado aos organizadores uma lista de canções "não permitidas", embora a pergunta a esta dúvida, como diria Dylan, está pairando no vento. Contudo, a apresentação do antigo "rebelde", que será repetida dentro de dois dias em Xangai, é um detalhe, embora simbólico, da abertura do país ao exterior, em um momento especialmente difícil para as liberdades no gigante asiático, devido à perseguição à dissidência elevada com a prisão do mais famoso artista nacional, Ai Weiwei.
O show desta terça-feira, unido ao apresentado recentemente em Pequim por outros artistas veteranos como The Eagles, levanta a hipótese de que as autoridades culturais chinesas abandonaram o receio sobre as estrelas de rock estrangeiras que se iniciou em 2008, quando a islandesa Björk pediu a independência do Tibete em Xangai. Dylan, por sua vez, tem nos próximos dias outro evento de grande importância simbólica para sua carreira: um show marcado para o próximo dia 10 de abril em Ho Chi Minh, a antiga Saigon. Será sua primeira atuação no Vietnã, um país cuja guerra foi condenada pela juventude americana enquanto ouvia as canções deste pai do rock alternativo.

Fonte: uol Música
http://musica.uol.com.br/ultnot/efe/2011/04/06/bob-dylan-estreia-na-china-aos-69-anos-e-sem-musicas-de-protesto.jhtm

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Enquanto “seu” lobo (não) vem

“Joga pedra na Geni
Joga bosta na Geni
Ela é feita pra apanhar
Ela é boa de cuspir...”
(Geni e o Zepelim – Chico Buarque)

Lobão, quase sereno

O eleito

A canção é de Chico, e também cantada por ele, mas naquela noite de bate-papo com o músico Lobão, me veio à cabeça essa canção sendo cantada pelo roqueiro brasileiro, endireçada ao grande mestre da MPB. Para quem assistiu recentemente a entrevista do Lobo no programa do Jô, onde ele até poupou os seus velhos “desafetos” (claro que, porque o entrevistador contribuiu para isso, não o instingando a tratar de tal assunto); naqueles momentos que antecediam a sessão de autógrafos na Livraria Siciliano, no Shopping Midway Mall, em Natal, naquela tarde/noite de segunda-feira, dia 4 de abril, dessa vez a sua lingua estava solta. Sinceramente, achei pra lá de deselegante uma pessoa pública desfiar tantos impropérios contra colegas de trabalho, seja qual for o seu estilo musical. Bom, mas em se tratando de Lobão o que se pode esperar? Elogios e rezas é que não. E o cara começou acabando com a MPB e seus grandes representantes: Chico, Gil, Caetano, Bethânia... Tropicália, Bossa Nova. Sertanejo, ele nem sequer quis mencionar. Também não ficaram impunes músicos da sua geração: Paralamas, Legião... Para ele, tudo cópia.
E seguiu-se o blá blá bla. O roqueiro respondendo às perguntas de algumas tímidas e educadas figuras presentes no auditório – talvez fosse um total de cinquenta pessoas lá - , eu, com a minha turma (mulher e filhos), calado estava e calado fiquei. Todo mundo só faltava morrer de rir quando ele descarregava a sua metralhadora giratória contra tudo e contra todos. Eu só me contorcia. Parecia que eu estava sendo atingido por tudo aquilo também.
Terminada a maratona, era chegada a hora da sessão de autógrafos. Fiquei num canto da escada esperando ele descer, e quando passou por mim, naquela disparada de sempre, perguntei: “E aí, Lobão, a vida é doce?” Fiz isso numa referência a uma canção sua, que também dá título a um dos seus discos. E ele repetiu: “A vida é doce!” Me deu vontade de perguntar ainda: “Então porque tanto amargor nas suas atitudes?” Claro que me faltou coragem para tanto. Deixa prá lá. Fui esperar a minha turma pegar a fila para ele então finalmente autografar o livro.
A família, depois do autógrafo

Em protesto contra tudo que eu ouvi, achei por bem não tirar uma foto ao seu lado. Mas fiquei um pouco afastado, sendo que, num ângulo onde permitia que ele aparecesse, e pedi que uma funcionária da livraria me fotografasse. Todos riram da minha idéia. Mas foi somente pra mostrar que eu estava alí. A princípio, pensei em pegar um livro do Chico Buarque que eu havia folheado pouco antes, e deixar bem exposto, para que saisse na foto, mas achei que seria uma afronta daquelas. E, afinal, o lobo alí era ele. Eu era apenas um simples cordeiro e, como o “Pedro pedreiro” do Chico, penseiro também, contive a minha “alegria alegria” de poder viver esse leque de sons do meu país, no “palco” dessa “vida bandida”, e me aquietei. Estou pensando seriamente em comprar a caixa do Lobão que traz seus primeiros discos, ótima fase do cantor/compositor, assim vou poder ouvi-lo cantar, sem me preocupar com as suas opiniões bombásticas.
Eu, com o livro "Rock e Gestão".
Mas bem poderia ser um da MPB

Em tempo: dia 9, próximo sábado, Lobão estará novamente em Natal para o show “Elétrico”, no teatro Riachuelo (ver postagem de 2 de abril, aqui no blog). A minha turma vai estar lá, eu não. Só espero que ele não faça nenhum mal aos meus três – com todo respeito, e todo o meu amor - “porquinhos”, porque aí então, Lobão, sou eu quem irá virar uma fera. Mas isso também já é outra viagem. Parece mesmo que "a vida é doce".

"Ele é o esperto, ele é perfeito
Ele é o que dá certo, ele se acha o eleito."
("O eleito" - Lobão/Bernardo Vilhena)

Citações das músicas:
• “Pedro Pedreiro” – Chico Buarque
• “Alegria, Alegria” – Caetano Veloso
• “Palco” – Gilberto Gil
• “Vida Bandida” – Lobão e Bernardo Vilhena

Créditos:
Texto - Eliel Silva
Foto 1 - Bel Silva
Fotos 2 e 3: Funcionária da Siciliano