-

"Engolimos de uma vez a mentira que nos adula e bebemos gota a gota a verdade que nos amarga." Denis Diderot

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Aos meus amigos

Faça uma lista de grandes amigos

Quem você mais via há dez anos atrás 
Quantos você ainda vê todo dia 
Quantos você já não encontra mais...
Oswaldo Montenegro



O meu telefone deu um toque. Um toque de mensagem recebida. Fui averiguar e constatei a mensagem de uma velha amiga. Uma amiga muito querida, sincera, sábia. Uma amiga daquelas que a gente fica muito feliz por tê-la sempre presente em nossa vida. Me pus então a pensar na importância de ter amigos. Não diria, ter “um milhão de amigos”, mas o maior número possível. Porque assim a gente nunca vai se sentir sozinho. Um deles, na hora mais precisa, haverá de aparecer. Recentemente também recebi um e-mail de um amigo, me enviando em anexo, um texto sobre esse assunto. A importância de ter muitos amigos, de preservar a verdadeira amizade. Me convenci de que esse é o correto. Ter amigo é muito bom. Na minha idade, e enfrentando esse corre-corre louco da vida, não sei se ainda terei disposição de conquistar novos amigos, mas tentarei, pelo menos, preservar os amigos que já tenho. Amigos verdadeiros são uma dádiva dos céus. E é bom lembrar que tudo nessa vida passa. Os amores vem e vão. A paixão pode muito bem um dia se acabar. Filhos, que são jóias raríssimas, essenciais em nossa vida, um dia eles crescem, encontram novos caminhos, criam asas e se vão. Nossos pais envelhecem, maturam no tempo, e um dia também partem para o além. Os amigos, os verdadeiros, aqueles que ficam presentes em nós, estarão sempre ali. É certo que um dia eles também partirão, mas vão passando a outros a missão de estarem sempre presentes em nossa vida. Obrigado, Senhor, pelos amigos e amigas que tenho. Quando for tira-los de mim, faça isso sem pressa, e tire-os de uma forma que eu não sinta tanta dor. Leve um, depois de algum tempo, um outro, bem mais adiante, aquele que Você viu que já chegou a hora de partir. Mas me deixa sempre alguns deles para, juntos, nos consolarmos. Aí, então, quando chegar a minha hora, me leva também, e me faz reencontrar aqueles amigos verdadeiros que já se foram.

Eliel Silva/setembro.2013
Imagem: Internet

Um comentário:

Marli Evangelista Silva disse...

Felizes os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar. Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!